Partilhar

Na passada quinta-feira, 5 de novembro, foi lançada a European Association of Innovation Consultants (EAIC) com o objetivo de reunir as mais relevantes e inovadoras consultoras europeias na promoção da competitividade no ecossistema de investigação e inovação.

Após um ano de trabalho enquanto grupo não-formal, surge agora a necessidade de se constituir como uma entidade oficial. A EAIC procura dar “voz” às consultoras especializadas na gestão de financiamento e de projetos de investigação e desenvolvimento (RDI).

Os 42 membros, distribuídos por 18 países, elegeram um conselho diretivo formado por 8 representantes. Alejandro Álvarez, Diretor de Grants da FI Group, fará parte da estrutura diretiva.

  • Luc Ragon – Benkei, França
  • Virginie Robin – Euronovia, França
  • Alejandro Álvarez Álvarez – FI Group, Espanha
  • Nilay Yalcinkaya Yoruk – Intract, Turquia
  • Diego Soro – Cabinet of Soros, Espanha
  • Pekka Koponen – Spinverse, Finlândia (Presidente)
  • Marie Latour – Zabala Innovation Consulting, Bélgica
  • Xavier Aubry – Zaz Ventures, Bélgica

Qual a proposta da EAIC?

  • Criar sinergias e ações de interesse comum entre os membros, que permitam a divulgação do valor acrescentando que estes serviços atribuem às colaborações de RDI na Europa.
  • Reforçar a imagem positiva das consultoras europeias de inovação, garantindo e assegurando elevados níveis de profissionalismo e valores éticos transversais a todos os membros.
  • Representar a EAIC perante instituições europeias e stakeholders, defendendo a experiência e o profissionalismo dos membros, conferindo maior impacto aos projetos realizados junto da comunidade europeia de investigação.
  • Identificar problemas e objetivos comuns aos membros, procurando dar uma resposta coordenada a nível nacional.
  • Facilitar a partilha de “melhores práticas” e informação, relativamente aos desenvolvimentos mais recentes no ecossistema europeu de IDI.
  • Incentivar a participação do setor privado nos programas europeus de investigação e desenvolvimento.

Este grupo de trabalho foi responsável por lançar um Manifesto de apoio à gestão especializada de projetos Horizonte Europa; um documento assinado por mais de 168 organizações.

Além disso, adotou um Código de Conduta validado por todos os membros com o objetivo de promover um comportamento ético no setor.

Por último, o grupo preparou dois position papers no âmbito do EIC Accelerator, que oferecem informações sobre os desenvolvimentos previstos no contexto do programa Horizonte Europa.