Partilhar

A Comissão Europeia aprovou no passado mês de julho, a atribuição de 5,4 mil milhões de euros ao “IPCEI Hy2Tech“. Os fundos para este projeto europeu de interesse comum serão provenientes de financiamento público de quinze Estados-Membros. O objetivo é desenvolver a indústria europeia inovadora e sustentável do hidrogénio a par da respetiva cadeia de valor tecnológica.

Hy2Tech

O projeto ‘IPCEI Hy2Tech’ foi preparado conjuntamente por quinze Estados-Membros: Áustria, Bélgica, República Checa, Dinamarca, Estónia, Finlândia, França, Alemanha, Grécia, Itália, Países Baixos, Polónia, Portugal, Eslováquia, Espanha e Áustria.

Os Estados-Membros fornecerão até 5,4 mil milhões de euros de financiamento público para apoiar a implementação do IPCEI. Quarenta e um projetos serão geridos e implementados em 35 empresas.

Os participantes diretos cooperarão entre si, mas também com mais de 300 parceiros externos, tais como universidades, organizações de investigação, e PMEs de toda a Europa. Esta ampla rede de cooperação permite ao projeto ‘Hy2Tech’ cobrir a maior parte da cadeia de valor da tecnologia do hidrogénio. Esta rede será estruturada em quatro pilares principais:

  • Tecnologia de geração de hidrogénio
  • Tecnologia das pilhas de combustível
  • Tecnologia de armazenamento, transporte e distribuição de hidrogénio
  • Tecnologia do utilizador final

Proposta de valor

Hy2Tech apresenta várias condições necessárias para promover a realização de projetos importantes de interesse europeu comum:

  • O alinhamento do projeto com os valores e objetivos do Pacto Verde, a Estratégia de Hidrogénio da UE, e a REPowerEU.
  • O desenvolvimento de tecnologias e processos que melhorem o que o mercado oferece atualmente.
  • A presença de desafios tecnológicos e financeiros significativos.
  • O estabelecimento de um mecanismo de recuperação no caso de gerar receitas líquidas adicionais.
  • Os resultados do projeto serão partilhados com a comunidade científica e a indústria europeia.
× How can I help you?