Partilhar

O mês de junho começa com muitas notícias das ações da Comissão Europeia.

Turismo na Europa na próxima década

O Conselho adotou resoluções que estabelecem princípios para tornar o sector do turismo mais sustentável e resiliente do ponto de vista económico, ambiental e social.

Ações

– A UE e os Estados-Membros são chamados a dar uma resposta coletiva e coerente.

– Exortam à utilização de Fundos Europeus e fundos do Next Generation EU para revitalizar o sector e assegurar a sua resiliência.

– Os Estados e a Comissão são chamados a fazer propostas para criar a Agenda Europeia para o Turismo 2030/2050.

Toda a informação aqui.

A Década Digital da Europa

Pode participar na consulta aberta lançada pela Comissão para preservar e promover os direitos dos europeus em matéria de digitalização. Estas propostas seriam utilizadas para orientar a regulamentação da UE.

Outras propostas a apresentar

– Educação e competências digitais

– Princípios éticos

– Proteção e capacitação das crianças e dos jovens na Internet

– A digitalização e o ambiente

– Outros princípios possíveis.

Mais informação aqui.

Fundo de Transição Justa

O Parlamento Europeu aprovou 17,5 mil milhões de euros para o Fundo de Transição Justa. Este fundo destina-se a ajudar as regiões que mais sofrerão com a transição digital e verde. Será dada especial atenção às regiões ultraperiféricas e às ilhas. 

Políticas financiadas

– Programas de assistência na procura de emprego

– Atualização e requalificação de competências

– Inclusão ativa de trabalhadores e pessoas à procura de emprego

– Apoio às microempresas

– Incubadoras de empresas

– Universidades e organismos públicos de investigação

– Investimentos em novas tecnologias energéticas

– Eficiência energética

– Mobilidade local sustentável

Espera-se que um Mecanismo Ecológico de Recompensa seja introduzido em 2024.

Para mais informações, clique aqui.

Cooperação na Investigação e Inovação

A Comissão apresentou uma das suas prioridades estratégicas, “Estratégia da Europa para a cooperação internacional num mundo em mudança”. Espera assimreforçar a liderança da Europa como grande investidor em inovação e investigação. Este plano pretende mostrar a importância da cooperação internacional para o sucesso no  desempenho de I&I. . A cooperação científica para a investigação para a COVID-19 é o ponto de partida desta iniciativa.  

Objetivos

– Conseguir um ambiente cooperativo de investigação e inovação

– Garantir a reciprocidade e a igualdade de condições na cooperação internacional em matéria de investigação e inovação.

Ações

– Apoiar os investigadores e as suas organizações para acelerar o desenvolvimento sustentável e inclusivo nos países em desenvolvimento. Em particular os países africanos através do Horizonte Europa.

– Orientações para evitar interferências externas com centros de investigação europeus, a fim de assegurar a sua liberdade, integridade e autonomia académica

Para que estas ações tenham êxito, é necessária uma boa colaboração entre a UE e os países. Além disso, todos os programas da UE serão igualmente encorajados a alinharem-se com a estratégia. 

Para mais informações, clique aqui.