Partilhar

Pavnext: piso que desacelera carros e gera energia

A organização Mundial de Saúde aponta os acidentes rodoviários como a oitava principal causa de morte a nível mundial, sendo a principal causa destes acidentes, o excesso de velocidade. Nas cidades, 40% dos acidentes fatais ocorrem nas passadeiras de pedestres. As soluções existentes para reduzi a velocidade dos veículos dependem essencialmente do comportamento dos condutores.

Neste sentido, a Pavnext (uma start-up de base tecnológica que desenvolve soluções para tornar as cidades mais seguras, sustentáveis e inteligentes, extraindo energia cinética aos veículos), criada por Francisco Duarte que frequentou o Programa Doutoral em Sistemas de Transportes do Departamento de Engenharia Civil da Universidade de Coimbra, apresentou a primeira solução a ser implementada na infraestrutura da cidade que permite reduzir a velocidade dos veículos sem nenhuma ação dos condutores, sem causar desconforto aos ocupantes do veículo, sem gerar ruído e sem a necessidade de qualquer dispositivo no veículo.

Este sistema tem por base uma tecnologia Cloud que permite dotar a solução de capacidades de gestão de dados e monitorização avançadas, condizentes com o conceito de IoT (Internet of Things) aplicado à mobilidade. ​​​​​​​

Figura 1 – Ilustração da tecnologia.

Com efeito, a tecnologia da Pavnext é capaz de converter com uma elevada eficiência a energia captada dos veículos em energia elétrica. Cada veículo leve é capaz de produzir até 10 Wh (watt-hora) quando se move pelos 20 metros da aplicação da NEXT, dependendo da sua velocidade, por exemplo, 1000 veículos por dia podem produzir 10 kWh por dia, ou seja 3,65 MWh por ano. Os dispositivos da Pavnext são implementados em zonas de redução de velocidade e, por isso, conseguem reciclar uma energia tipicamente desperdiçada, perdida no processo de redução de velocidade, num tipo de energia útil.

Além disso, conseguem armazenar a energia elétrica produzida, para que ela possa ser usada somente quando necessário, de forma mais eficiente. Esta energia é utilizada em vários dispositivos elétricos no local, sendo uma das principais aplicações em dispositivos de segurança rodoviária, como a iluminação de estradas e passadeiras, câmaras de velocidade, painéis publicitários e semáforos.

Como esta solução é implementada no pavimento rodoviário, está numa localização privilegiada para monitorizar os dados de tráfego, quer em termos de contagem de veículos, quer para medir a sua velocidade e peso. Também monitoriza a energia produzida e armazenada em tempo real. Esta solução baseia-se em tecnologia Cloud avançada, no sentido de permitir o crescimento e tratamento dos dados assim como pela conexão de internet sem fios de alta velocidade, para monitorização em real time.

Figura 2 – Demo da aplicação.

Em específico, a cloud é uma a tecnologia base e o alicerce da transformação digital e, em breve, deixará de se falar de cloud como uma área de inovação porque passará a ser uma tecnologia presente, de forma massiva, em todas as empresas.

De um modo geral, fazer melhor, mais rápido e/ou mais barato são as definições mais simples de inovação procuradas pelas empresas, sendo esta a receita que torna a cloud uma necessidade para o desenvolvimento e execução de aplicações. As recentes disrupções só vieram reforçar a noção de que a cloud não é uma aspiração futura, mas sim, um imperativo urgente no core do negócio. Este ecossistema oferece a promessa de maior eficiência, inovação acelerada e é um facilitador crítico das tecnologias digitais avançadas, que abrem a porta a novos modelos de negócio e fontes de receita.

Outra vantagem nas estruturas em cloud é que são, na sua maioria, de código aberto e assim, permite um melhor desenvolvimento e uso das aplicações, por causa da flexibilidade e escalabilidade. Este modelo de arquitetura também melhora a integração e uso inteligente de dados, uma vez que, naturalmente, as aplicações em cloud passam a acumular um histórico de dados que são estratégicos para o negócio e que são facilmente integrados a outros sistemas, permitindo o uso inteligente dessas informações na tomada de decisões.

No caso da Pavnext, os dados de tráfego e velocidade, assim como os dados de energia gerada e consumida são enviados para a cloud e, posteriormente, utilizados para gerar relatórios e para otimizar consumos energéticos em tempo real e de uma forma única. Combinando ambos os dados, a solução da Pavnext, tem a capacidade de otimizar o consumo de energia em tempo real e de acordo com as necessidades reais, para além de fornecer relatórios de tráfego às autoridades locais e governamentais.

Uma outra forma de reciclar a energia desperdiçada pelos veículos em áreas de redução de velocidade e convertê-la em energia cinética é no carregamento de veículos elétricos, sendo assim possível, mudar o paradigma do carregamento deste tipo de veículos pois quando são carregados a partir da rede elétrica, uma parte significativa da energia utilizada para alimentar o veículo é produzida a partir de combustíveis fósseis. Desta forma, haverá conceito mais sustentável, criando assim, um novo paradigma onde é possível carregar veículos através de outros veículos.

Figura 3 – Passadeira.

Com esta solução, nos próximos 5 anos será possível salvar até 20 mil vidas e mais de 1,5 milhões de ferimentos graves com um impacto social e económico de 400 biliões de euros, este valor é só para apenas 10% das passadeiras das grandes cidades do mundo.

Esta solução está a ser desenvolvida por uma equipa especializada e multidisciplinar que visa mudar o mundo para melhor e compreende o impacto que as tecnologias de informação e comunicação podem oferecer a outras áreas de conhecimento. Comprova-se deste modo o efeito de arrastamento que as TIC potenciam, e o impacto na redução da mortalidade e consumo de energia elétrica.


SOBRE O AUTOR

Pedro Moreira, Consultor Técnico na FI Portugal, licenciado em Engenharia Informática pela Escola Superior de Tecnologia e Gestão da Universidade Politécnica de Leiria apresenta um enorme interesse pela área das tecnologias.

× How can I help you?